“Pai Rico Pai Pobre”: o PIOR LIVRO Sobre Finanças?

O livro “Pai Rico Pai Pobre” é o mais vendido na categoria de finanças pessoais há quase três décadas…

Publicado pela primeira vez em 1997, está disponível em 109 países e 51 idiomas diferentes, e já vendeu mais de 40 milhões de cópias.

Impressionante!

Principalmente porque o livro é mesmo fraco

Neste artigo só vamos falar daquilo que o autor escreveu.

No entanto, há muito mais para dizer sobre Robert Kiyosaki.

Se quiseres saber mais, lê este artigo:

Robert Kiyosaki: Toda A VERDADE sobre o FALSO GURU!

Nesta review do livro “Pai Rico Pai Pobre” vamos ignorar esta lista de “detalhes“:

  • A história do “pai rico” é completamente inventada
  • A influência dos seminários EST nas empresas de Robert Kiyosaki
  • A Money And You, empresa que Robert Kiyosaki geriu de 1985 até 1994
  • O envolvimento com as empresas de marketing multinível
  • A investigação de 2010 aos famosos seminários sobre investimento imobiliário
  • Os outros 30 livros de Robert Kiyosaki, que não passam de lugares comuns reciclados
  • Tácticas de marketing extremamente manipuladoras
  • Todas as vezes que Robert Kiyosaki faliu as suas empresas
  • Ninguém sabe quase nada sobre as finanças e os investimentos de Robert Kiyosaki

Este livro é prova que a história não se escreve com factos e que aquilo que tem mais qualidade não é sempre aquilo que vende mais.

Seja como for, é o livro mais vendido de sempre sobre o tema das finanças pessoais.

Assim sendo, vamos espremer o sumo do livro “Pai Rico Pai Pobre” e vamos ver se ele tem assim tanto para nos ensinar.

Se tiveres alguma dúvida, sugestão, correção a fazer, ou caso queiras entrar em contacto, seja por que motivo for, envia-me uma mensagem!

Também gostava de receber sugestões de livros para reviews 🙂

“Pai Rico Pai Pobre” é o PIOR LIVRO sobre Finanças Pessoais?

Será que o livro "Pai Rico Pai Pobre" é o pior livro de sempre sobre finanças pessoais? Não sei...

Sinceramente, não sei.

Pior, segundo pior, terceiro pior…

O que é que isso interessa?

Na minha opinião, o livro é péssimo, principalmente por estes motivos:

  • Algumas das histórias são mentiras óbvias
  • Alguns dos conselhos são atividades ilegais
  • Há uma teoria anti-escola que é totalmente idiota
  • É extremamente vago nas partes mais importantes
  • Há ilusões de “dinheiro fácil” e “dinheiro rápido

Vou dar alguns exemplos concretos com passagens do livro.

Mentiras óbvias no livro “Pai Rico Pai Pobre”

"Pai Rico Pai Pobre" contém mentiras óbvias

No terceiro capítulo Robert Kiyosaki escreve o seguinte, quando descreve uma situação em que estava a pedir um empréstimo ao banco:

“O comité de apreciação dos empréstimos não via com bons olhos o facto de eu ganhar imenso dinheiro proveniente de imóveis. Eles queriam saber porque é que eu não tinha um emprego normal com um salário.”

O banco disse-lhe “você tem rendimentos a mais para lhe podermos emprestar dinheiro.”

É assim que os bancos funcionam pelos vistos…

Eles negam empréstimos a pessoas totalmente capazes de cobrir as despesas porque detestam ganhar dinheiro com juros e taxas deste tipo de candidatos.

Além de ser ridículo, é uma forma vaga de Robert Kiyosaki de gabar dos seus investimentos, dos quais não há qualquer prova.

Duas páginas mais à frente, há esta pérola:

“Eu gosto de criar empresas, mas não gosto de as gerir. Por isso costumo comprar ações de empresas pequenas. Às vezes até gosto de criar uma empresa e torná-la pública.”

Há imensa coisa que não faz sentido nesta frase…

Mas, pelos vistos, Robert Kiyosaki não sabe o que é uma empresa pública.

Se ele alguma vez tivesse feito parte de uma IPO, qualquer pessoa podia consultar os registos da empresa e encontrar o nome dele.

Porque as empresas são obrigadas a divulgar esse tipo de informação, resultados financeiros da operação, etc, etc, etc.

No quinto capítulo, Robert Kiyosaki explica como costumar comprar empresas:

“Nós compramos empresas consideradas de alto-risco que estão prestes a entrar na bolsa dos Estados Unidos e do Canadá.”

Sim…

Porque um grupo de acionistas, depois de meses e meses de trabalho a preparar uma entrada em bolsa, depois de anos e anos a construir uma empresa, ia vender tudo ao primeiro Robert Kiyosaki que lhes batesse à porta 🙂

Robert Kiyosaki também é um futurólogo!

No capítulo sete ele diz o seguinte sobre comprar ações.

“Armado com esta nova informação, procurei e encontrei uma empresa petrolífera que estava prestes a encontrar reservas de crude.”

Estas empresas sabem quando é que estão prestes a encontrar petróleo?!?

Existem muitos mais exemplos mas acho que já chega.

As mentiras são óbvias demais…

Conselhos que são atividades ilegais

Alguns conselhos do livro "Pai Rico Pai Pobre" são atividades ilegais

Esta é a parte em que Robert Kiyosaki casualmente fala sobre crimes como se eles fossem a atividade mais cool do mundo 🙂

No capítulo quatro:

“Os ricos não pagam impostos de forma voluntária. Em vez disso, eles procuram formas de minimizar o fardo fiscal. Eles contratam advogados e contabilistas inteligentes, e aliciam os políticos a mudar a lei ou a arranjar forma de a poderem contornar.”

Ok…

Também no capítulo quatro:

“Se tiveres a tua própria empresa, as tuas férias podem ser reuniões com a administração no Hawaii. Os pagamentos do carro, seguros, reparações e mensalidades do ginásio passam a ser despesas de empresa.”

Isto tem um nome – fraude fiscal.

Agora percebo como é que Robert Kiyosaki faliu quase todas as suas empresas…

No capítulo oito, a falar sobre os mercados financeiros:

“Convém teres amigos ricos para saberes onde é que há dinheiro para ser feito. O dinheiro é feito em informação. Assim, podes ficar a saber sobre o próximo boom, entrar e sair num investimento antes de ele perder valor outra vez.”

Isto também tem um nome – uso de informação privilegiada.

E por fim, a minha favorita, no capítulo nove a falar de comprar imobiliário:

“Eu faço sempre ofertas com cláusulas que me permitam desistir do negócio. No mercado de imobiliário, na minha oferta eu tenho linguagem que diz especificamente “sujeito à apreciação do meu parceiro de negócios”. Nunca especifico quem é essa pessoa. A maior parte das pessoas não sabe que o meu parceiro é o meu gato.

Não é fantástico?

Experimentem todos fazer isto meninos e meninas!

Pode ser que a prisão aceite gatos 🙂

É óbvio que também é mentira… Robert Kiyosaki nunca fez isto.

Mas acho que é muito estranho um especialista de finanças pessoais que tem sugestões deste tipo.

A teoria anti-escola que é totalmente idiota

O livro "Pai Rico Pai Pobre" baseia-se numa teoria anti-escola que é totalmente idiota

Nem vale a pena citar exemplos.

Robert Kiyosaki espalhou esta teoria ao longo de todo o livro de forma muito dissimulada.

Mas há um problema…

Há uma relação óbvia entre a formação académica e o rendimento médio!

Mais…

Há uma relação óbvia entre a formação académica e a probabilidade de vires a ser milionário!

Um estudo sobre a relação entre a formação académica e o rendimento médio, que deita por terra a teoria anti-escola do livro "Pai Rico Pai Pobre".

Existem centenas e centenas de estudos sobre isto, como por exemplo este do Banco da Reserva Federal de St. Louis.

Claro que há excepções à regra…

Mas não discussão possível neste capítulo.

Muito vago nas partes mais importantes

As pessoas lêem este livro porque estão à procura de respostas sobre como melhorar a sua condição financeira.

Vamos ver quão valiosa é a informação que elas encontram…

No capítulo número dois:

“Assim que conseguires construir uma boa base de ativos vais poder começar a estudar investimentos mais arriscados; investimentos com retorno que vai dos 100% até ao infinito; investimentos que começam com $5000 e se transformar num milhão de dólares muito rapidamente.”

Robert Kiyosaki não explica que tipo de investimentos…

Será que devo falar com o Pai Natal ou com a Monstro das Bolachas?

No capítulo número quatro, Robert Kioysaki define desta forma o conceito “investir”:

Investir é a ciência do “dinheiro é capaz de gerar mais dinheiro.” Isto envolve estratégias e fórmulas que usam o lado direito do cérebro que é mais criativo.

Uau!

Será que também envolve cenas com números e assim?

Logo a seguir, “como saber ler o mercado”:

“Saber ler os mercados é a ciência da oferta e procura. Precisas de saber os aspetos técnicos do mercado, que se baseiam emoções, e saber os aspetos económicos fundamentais de um investimento. Se um investimento faz sentido ou não, tendo em conta as condições atuais do mercado.”

Ok…

Ao longo de todo o livro, não há quase nenhuma informação concreta, com verdadeira utilidade prática.

Só histórias vagas, sobre amigos de Robert Kiyosaki, investimentos que ele próprio sem revelar grandes detalhes.

Ilusão de dinheiro “rápido” e “fácil”

Em algumas partes do livro, Robert Kiyosaki protege-se…

Mas na maior parte do tempo encontramos parágrafos como este, no capítulo dois, em que Robert Kiyosaki está em diálogo com o pai Rico

Robert Kiyosaki: “Quer dizer que só preciso de saber o que é um ativo e depois comprá-lo e vou ser rico? É assim tão simples?” Pai Rico: “Exatamente.”

Só que não é…

Podemos considerar a Bitcoin um ativo, certo?

Algumas pessoas fizeram fortunas mas a maior parte das pessoas perdeu dinheiro quando compraram Bitcoin.

Podes usar outro exemplo qualquer. Claro que não é assim tão simples.

Outro parágrafo absurdo, no capítulo cinco, a propósito de comprar ações:

“Um exemplo de como se pode fazer muito dinheiro rapidamente é comprar 100.000 ações a $0.25, antes de a empresa entrar na bolsa. Seis meses depois de a empresa entrar em bolsa as ações passam a valer $2.”

Sim, porque quando as empresas entram em bolsa o valor das ações sobe sempre…

Se tiveres Google assim à mão, pesquisa as ações do Snapchat, da Lyft, da Levis, por exemplo.

Na página a seguir:

“Para o indivíduo comum, um rendimento passivo de $100.000 é aceitável e não é muito difícil de alcançar.

Cem mil dólares?!?

Aceitável e fácil de alcançar?

No capítulo número sete:

“O mundo real está simplesmente à espera que tu sejas rico. Só a dúvida mantém as pessoas pobres.”

No capítulo oito:

“Um bom broker poupa-me algum tempo de faz-me ganhar dinheiro – como daquela vez que eu comprei um terreno por $90.000 e o vendi logo a seguir com um lucro de $25.000 para poder comprar um Porsche.”

Claro que não é por acaso que Robert Kiyosaki faz isto.

Este tipo de ilusão é utilizada para vender tudo e mais alguma coisa.

Resumo do livro “Pai Rico Pai Pobre”, capítulo a capítulo

A tua versão pode ter uma estrutura ligeiramente diferente.

Na minha edição de Junho de 2011, da Plata Publishing, o livro tem os seguintes capítulos:

  • Introdução
  • Os ricos não trabalham para ganhar dinheiro
  • Porquê incentivar a literacia financeira?
  • Foca-te no teu negócio
  • A história dos impostos e das empresas
  • Os ricos inventam dinheiro
  • Trabalha para aprender, não trabalhes por dinheiro
  • Superar as adversidades
  • Dar o primeiro passo
  • Ainda queres mais? Uma lista de coisas a fazer
  • Pensamentos finais

Eu tenho uma edição escrita em Inglês, portanto estou a traduzir isto tudo à letra.

Introdução: O pai rico e o pai pobre

Basicamente, em cerca de 7 páginas, Robert Kiyosaki explica quase tudo aquilo que precisamos saber sobre a premissa do livro.

Ele teve dois pais com duas perspetivas muito diferentes em relação ao dinheiro – o seu pai biológico e o pai do seu melhor amigo de infância.

Um deles tinha imensa formação académica e sempre teve problemas financeiros.

O outro nunca terminou a oitava classe e tornou-se no homem mais rico do estado do Hawaii.

Já chega. Vamos ao segundo capítulo.

Os ricos não trabalham para ganhar dinheiro

Este capítulo está dividido em 6 segmentos:

  • O início de uma parceria
  • As lições começam
  • 30 cêntimos mais tarde
  • Esperar na fila ao Sábado
  • Uma das maiores armadilhas da vida
  • Ver o que os outros não vêm

Ao longo de cerca de 30 páginas, Robert Kiyosaki conta que uma vez perguntou ao seu biológico para o ensinar a ser rico, após ser humilhado por crianças de famílias com mais posses financeiras.

Quando não obteve uma resposta satisfatória, ele e o seu melhor amigo de infância começaram a pensar em formas de ganhar dinheiro e tiveram um raio de inspiração graças a um livro de ciência.

Afinal a escola serve para alguma coisa pelos vistos…

Os dois amigos começaram a juntar tubos de pasta dos dentes vazios, que nos anos 50 eram feitos de chumbo, para derreter e fazer moedas.

Este projeto acabou por ser encerrado pelo pai de Robert Kiyosaki, que explicou o conceito de “dinheiro contrafeito” aos dois amigos.

Ele também aconselhou as crianças a procurar o pai de Mike, o melhor amigo de infância de Robert Kiyosaki, porque essa era a pessoa indicada para os ensinar a ganhar dinheiro.

Os dois amigos começaram a trabalhar numa mercearia do pai de Mike, a ganhar 10 cêntimos por hora, uma das condições impostas para receberem as lições.

Ao fim de três semanas eles estavam prontos para desistir.

Robert Kiyosaki reuniu com o pai de Mike, que lhe explicou o seguinte:

  • Estava a ensinar com um método diferente do que usam nas escolas, porque só assim é que se aprende.
  • O que a maior parte das pessoas faz é desistir, culpar o mundo à sua volta ou simplesmente aceitar as realidade como ela é.

Depois, explicou o que é que as pessoas fazem quando precisam de mais dinheiro:

  • Algumas procuram uma oportunidade de emprego com um salário mais atrativo.
  • Outras procuram um segundo emprego.

Por fim, explicou que a solução é a educação financeira.

E que os ricos não trabalham por dinheiro. Eles têm o dinheiro a trabalhar para eles.

Robert Kiyosaki continuou a trabalhar na mercearia, agora sem receber nenhum pagamento.

Desta forma, de acordo com o pai de Mike, as duas crianças iam ser obrigadas a pensar e encontrar formas de ganhar dinheiro.

E também iam conseguir evitar uma das maiores armadilhas da vida – trabalhar até morrer e não ter nada no fim, ou, a corrida dos ratos.

Ele explicou que as pessoas caem nesta armadilha por causa de duas emoções, a ganância e o medo, que são alimentados pela ignorância.

A alternativa é enfrentar estas emoções com lógica e procurar aprender como funciona o dinheiro.

Com estas ideias, as duas crianças tiveram um momento de inspiração divina.

Elas repararam que na mercearia muitas bandas-desenhadas iam para o lixo.

Assim, montaram uma biblioteca na cave de casa de Mike e recebiam dinheiro de outras crianças das redondezas que iam lá para ler banda-desenhada.

Porquê incentivar a literacia financeira?

Robert Kiyosaki resume assim a resposta a esta pergunta:

Porque o que interessa é com quanto dinheiro tu ficas. E não quanto dinheiro tu ganhas.

Ele dá o exemplo de vencedores da lotaria e atletas famosos que acabam pobres apesar de terem ganho vastas quantias de dinheiro.

E explica a regra número um para evitar que isso aconteça:

Saber distinguir ativos de passivos.

Não gosto muito desta tradução mas, pelos vistos, nos livros em Português é assim que está…

Basicamente, ativos são coisas que geram rendimentos, como imobiliário, investimentos nos mercados financeiros, patentes

Por oposição, passivos são coisas que impedem o dinheiro de crescer, a hipoteca da casa, empréstimos, cartões de crédito, etc.

Os ricos compram ativos.

Os pobres e a classe média compram passivos que eles confundem com ativos.

Foca-te no teu negócio

A história dos impostos e das empresas

Os ricos inventam dinheiro

Trabalha para aprender, não trabalhes por dinheiro

Superar as adversidades

Dar o primeiro passo

Ainda queres mais? Uma lista de coisas a fazer

Pensamentos finais

14 comentários em ““Pai Rico Pai Pobre”: o PIOR LIVRO Sobre Finanças?”

  1. Olá empreendedor
    Acabei de ler livro e realmente em algumas citações do seu artigo eu concordo com você.
    Na minha opinião o livro realmente tem algumas controvérsias.
    Por exemplo: Como Robert ainda criança poderia se lembrar de todos aqueles ensinamentos do seu Pai rico? ele deu muito detalhes incluíndo diálogos que na minha opinião estava muito avançado para uma criança daquela idade entender.
    Mesmo assim sendo contrário a sua concepção, não achei o pior o livro , mesmo como já dito acima , o livro tem algumas partes que poderíamos até debater sobre a sua autencidade, não posso negar que alguns conselhos sobre educação financeira dado pelo Robert são muito valiosos que podem até mudar de maneira positiva a convicção do leitor sobre o dinheiro.
    Resumindo, eu recomendo a todos a lerem o livro e tirarem a sua próprias conclusões.
    Um abraço.

    Responder
    • Concordo 100& Lucas! Toda gente deve ler o livro e tirar as suas próprias conclusões 🙂

      O meu problema não é só a autenticidade da história…
      Ao longo do livro, existem alguns conselhos mais práticos que, na minha opinião, são ilusórios e pouco éticos.

      Obrigado pelo comentário!

  2. Não existe fórmula mágica para o sucesso o livro já vale a pena só por encinar os quadrantes já te dá uma direção o negócio que as pessoas querem que exista uma fórmula mágica que vc lê e fique rico cada um tem que achar a sua formula.

    Responder
  3. Eu não li o livro.mais foi bom conhecer seu ponto de vista sobre livro,me encontrei em uma cituaçao parecida com os sete hábitos das pessoas altamente eficaz, enfim.mais em um comentário acima você falo que não e milionário mesmo investindo em ações(me corrija se eu estiver errado)me conte mais um pouco sobre isso sabe porque?na internet e visível como isso,as lições disso,dicas daquilo,o poder disso,o poder do car*#@#,e de cara se nota que isso e conversa fiada.a quando eu assistir um vídeo da Natália arcury falando faça isso para ser rico passou pela minha mente e fácil ser rico fazendo os outros de otário.

    Responder
    • Acho que deve ler, Mikael.
      Se não quiser comprar, facilmente encontra um download 😉
      Mais ou menos, fica sempre melhor se você ler o livro…

      Na minha opinião, a educação financeira e os investimentos, de uma forma geral, são cada vez mais acessíveis.
      Hoje em dia é possível investir em acções fraccionadas, criptomoedas, fundos de investimento, etc., etc., etc., com valores relativamente baixos.

      O problema, na minha opinião, é que as pessoas têm expectativas irrealistas em relação aos investimentos.
      E não estão dispostas a estudar bem os assuntos e continuar a poupar e investir durante meses, anos, etc.
      E, por isso, depois acabam por desperdiçar as poupanças em “investimentos mágicos” em que toda a gente fica rico de hoje para amanhã.

      Atenção, uma coisa é poupar e investir, outra coisa é criar fontes de rendimento (como um blog, um canal do Youtube, uma loja no Facebook, etc. etc. etc.).
      Se tiver essa possibilidade, acho que deve fazer as duas.

      Nem toda a gente vai ficar rica.
      Mas, na minha opinião, muita gente poderia estar melhor de dinheiro com algum (ou muito) esforço.

      Qualquer coisa, disponha 🙂

    • Olá, Lucas

      Experimente “One Up On Wall Street”, de Peter Lynch e “The Intelligent Investor”, de Benjamin Graham.
      Obrigado pelo comentário 🙂

    • Olá, Marília!

      Apesar de tudo, acho que vale a pena ler o livro.
      Mas acho que ele é mais indicado para pessoas com muito pouca experiência e literacia financeira…
      Obrigado pelo comentário 🙂

  4. Olá achei o seu artigo muito interessante embora eu tenha uma opinião muito contraria a sua em relação ao livro. Mas é mesmo assim interessante ter outro ponto de vista. Gostaria de lhe perguntar se acabou por investir as suas poupanças tal como Kiyosaki recomenda?

    Responder
    • Olá, Francisco 🙂

      Já fiz alguns investimentos em plataformas de investimento peer-to-peer, bitcoin, forex…
      Não sou milionário e não tenho interesse ou paciência para mentir em relação à minha experiência ou estilo de vida.
      Há toneladas desse tipo de conteúdo na internet 🙂

      Em relação ao Robert Kiyosaki:

      Nada como dizer que ser rico é super fácil quando o objetivo é vender produtos 🙂
      Na minha humilde opinião, qualquer pessoa com o mínimo de entendimento sobre os mercados financeiros ou o investimento em imobiliário percebe que mais de metade daquelas histórias são pura ficção/desenhadas para vender uma fantasia.

      A falta de ética e a falta de verdade do Robert Kiyosaki está mais que documentada…

      Eu percebo que o livro é quase um ritual de passagem e o ponto de partida para a maior parte das pessoas. Também foi o meu.
      Mas sinceramente, para lá da fantasia de ser rico, acho que a maior parte das pessoas tira muito poucos benefícios práticos do livro.

      Obrigado pelo comentário 🙂

  5. Bom dia, recomenda alguma leitura para tentar obter sucesso financeiro? Tenho tantas ideias, mas nenhuma posta em prática.

    Responder
    • Olá, Clementina

      Tudo depende do que pretende fazer, mas posso dar algumas sugestões 🙂

      Para desbloquear criatividade e força de vontade: A Guerra da Arte, Steven Pressfield.

      Se quiser fazer algo relacionado com algum tipo de mídia digital (blogs, youtube, redes sociais, etc): Digital Influencer, John Lincoln.

      Mercados financeiros: One up on Wall Street, Peter Lynch.

      Espero que ajude!

Deixe um comentário